quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Sobre sentir e existir.



Depois de tudo aquilo que por você eu fiz

você me olha nos olhos

e ainda me diz

que meu sentimento por você é incerto

logo eu que pra você mantenho meu coração sempre aberto

mas por mim tudo bem

flores eu junto em um ramo

e escrevo em um bilhete "TE AMO"

se nem assim você tiver certeza

com minha magoa vou para uma mesa

chamo o garçom e peço uma cerveja.


Igor D. & Alice F.

2 comentários:

  1. Você sabe o quanto gosto dessa poesia, né ? Eu não sei porque meu nome tá aí, mas tudo bem ^^

    ResponderExcluir
  2. Você ajudou nela Oo, esqueceu foi?

    ResponderExcluir